Como superar obstáculos iniciais e virar referência? A nail stylist Joana D’Arc conta!

20160118_113629

A paixão pelo segmento de beleza, aliada a um incrível talento para o mundo dos negócios, foram as chaves que contribuíram para que Joana D’Arc, uma carioca natural da cidade de Itaboraí, no Rio de Janeiro, transformasse sua atividade profissional e se assumisse como uma nail stylish de sucesso.

Mesmo quando atuava como manicure convencional, Joana D’Arc, mantinha seu foco na busca de novas oportunidades e alternativas e não vacilava diante das dificuldades. “Na época em que apenas fazia pé e mão, queria comprar bons produtos, porque sempre quis investir, mas eu morava longe, tinha que pagar minha própria passagem, e nunca sobrava dinheiro. Muitas vezes ficava sem dinheiro até para o almoço ou mesmo para um lanche. Uma vez perdi o dinheiro da passagem, e aí não tinha como ir embora de ônibus. Fui de van. Pedi carona e o motorista disseque eu podia ir no lugar do cobrador, mas cobrando a passagem dos demais usuários, para pagar o meu “assento”. Aceitei e fui cobrando a passagem. Daí todas as vezes que não tinha dinheiro para passagem, eu esperava a van desse amigo, às 22h30 e virava cobradora, na troca de passagem e ia pra Itaboraí”, relembra.

A busca persistente por novas oportunidades

Sempre na luta para melhorar sua condição de vida e de trabalho, foi nessa época que Joana D’Arc começou a investir em sua formação profissional e passou a oferecer novas alternativas para as clientes, como os alongamentos de unhas. “Acredito que em minha atividade temos de buscar atualização continuamente. Esse é um trabalho que sempre tem novidades. Isso e ótimo, porque nos faz estar sempre à frente. Comecei a trabalhar com alongamento de unhas desde de 2009, por ser um trabalho melhor remunerado. Com isso, consegui reconhecimento profissional”, relata.

Segundo Joana D’Arc, acreditar e investir em si mesmo são etapas fundamentais para quem deseja empreender e conquistar o sucesso em sua atividade. “Foi muito interessante investir em mim. Acredito que foi meu melhor negócio. Quando a gente se atualiza e deixa de comprar uma roupa ou um sapato para investir na nossa carreira, no que gostamos de fazer, a coisa se torna muito gratificante. Porque o resultado vem, aos poucos, mas vem. Vale a pena abrir mão de várias coisas, até mesmo do almoço para comprar acetona e esmalte. Hoje eu desfruto de todo este sacrifício”, avalia.

A empreendedora relata ainda que, nessa trajetória, precisou conscientizar-se da necessidade de aprimorar diversos aspectos nela mesma, da aparência pessoal, até gestão e qualidade, como pontos necessários para alcançar um outro nível de atuação. “Comecei a me vestir melhor porque acho que a aparência é tudo, principalmente na área de beleza. Comecei a ler revistas de moda e participar de palestras e workshops. Assim, aprendi muito sobre atendimento. Uma vez, uma cliente falou para mim: ‘para se tornar uma manicure de sucesso tem que se vestir melhor, falar melhor e criar algo diferente’. Esta cliente me levou para almoçar em um restaurante super badalado no Rio de Janeiro. Neste dia, me ofereceram uma sobremesa com uma folha de ouro. Fiquei louca e logo usei isso a meu favor: lancei a unha de ouro [técnica que aplica folhas de ouro 24k nas pontas dos dedos como se fossem unhas francesinhas]. Este produto me fez ser destaque entre as manicures e abriu várias portas, permitindo que finalmente, conseguisse montar meu próprio negócio”.

Assumir o próprio negócio e seus desafios

Dentro do processo de gestão de seu negócio, Joana D’arc considera como fundamental sempre contar com profissionais especializados, que façam cursos, se atualizem, invistam no marketing pessoal, trabalhem com ética e tenham foco em melhorar sempre o atendimento. “Tem que ter bom humor, profissionalismo, relacionamento de carinho com cliente e demais funcionários. Procurar saber se o local de atendimento está bom, se há luz, se a cadeira está legal. Tem também que manter o respeito e sempre se preocupar com a higiene”.

Colocado por Joana D’Arc como um ponto central para garantir o sucesso de qualquer empreendimento, o atendimento ao cliente é quase uma obsessão para a nail stylish. “O atendimento é muito importante para você conseguir fidelizar sua cliente, para que ela indique outras clientes. Fidelizando um cliente, você está semeando outras várias possibilidades. Sempre que entrar em contato com uma cliente ou um cliente, apresente-se, pergunte o nome, leve-a até o local de atendimento, pergunte se aceita algo para beber e providencie tudo. É muito importante”, ensina.

Como dicas paras as mulheres que estão iniciando no empreendedorismo, Joana D’Arc, enfatiza a necessidade de manter uma atualização permanente, cuidar da apresentação pessoal, ter ética, carisma, investir em produtos e serviços de qualidade e persistir. “É preciso não ter medo dos desafios, seguir em frente e sonhar, porque quando sonhamos é mais um motivo para corrermos atrás de nossa realização. Quem não sonha, vive vegetando e aceitando qualquer coisa. Assim, vai ficar no mesmo lugar, sem mudanças na vida” finaliza.

Cursos online

E uma nova etapa de seu trabalho, Joana D’Arc iniciou uma parceria com o portal de treinamentos EduK, que conta com mais de 3 milhões de alunos cadastrados, para ministrar cursos para quem deseja para aprimorar a técnica no cuidado com as unhas e, principalmente, explicar a diferença entre cada tipo de unha e sua necessidade. “Vamos falar desde a organização da bancada de trabalho, materiais necessários, higienização, preparação até a finalização e pintura das unhas de gel, acrigel e fibra de seda. Quero conversar tanto com a profissional (manicure) quanto com a cliente que precisa saber qual o tipo de unha é mais indicado para ela”, finaliza Joana D’Arc.

Informações sobre o curso: http://www.eduk.com.br/cursos/2-beleza-e-estetica/5358-unhas-de-gel-acrigel-e-fibra-de-seda

Facebook Comments
Camila Silva

About Camila Silva

Jornalista especialista em contar histórias de superação. Feminista, sonha em criar um mundo mais igualitário e justo para as mulheres por meio da informação. Além do Voa, Maria, está à frente da Maria Comunica, agência de comunicação pautada por resultados e relacionamento.