Ana Gleice: um sonho de atendimento

Casamento continua sendo um dos principais sonhos das mulheres – sonho este que as acompanha, muitas vezes, desde criança. Assim, quem se aventura a empreender neste ramo deve estar ciente de que qualquer, qualquer detalhe que saia errado pode representar uma grande frustração para a cliente, que, afinal, esperou por aquele dia por tanto tempo.
Moradora da Comunidade da Maré, no Rio de Janeiro, Ana Gleice tem plena consciência da importância do trabalho que desenvolve frente ao Gleice Assessora e Cerimonialista. Este cuidado com o trabalho fica explícito quando afirma que, mais do que bem atender, ela mima as clientes. “Priorizo qualidade. Costumo dizer que mimo as minhas noivas e isso tem dado muito certo, porque trabalhar com noiva é trabalhar com sonhos, então tem que ter um atendimento diferenciado. Algumas chegam mais ansiosas e é preciso agir com psicologia e acalmá-las. Na semana do casamento, deixo todos os meus telefones disponíveis, até o da minha residência. E faço isso para que a noiva se sinta segura. Nada pode dar errado. Temos que imaginar o que pode acontecer de errado e nos antecipar”, comenta.

IMG_19890130_175512740
O empreendedorismo na vida de Ana vem de berço, uma vez que os seus pais eram feirantes e ela passou a infância lidando com o público. Aos 12 anos já dava aulas de reforço para crianças em processo de alfabetização e, antes de investir no próprio negócio, trabalhou em diversas funções, entre elas auxiliar administrativo, telemarketing e em uma produtora de eventos. “Até que fiz um curso na área de estética em 2003 que mudou minha vida. Foi nesse momento que resolvi empreender, mas o medo e as opiniões da família fizeram que eu paralisasse meu sonho. Decidi então trabalhar primeiro como funcionária em um salão de beleza e clínica de estética, como alternativa para ganhar experiência. Em 2005, já com alguma experiência acumulada, decidi fazer uma cabine de depilação e estética (A.G Studio). Já tinha feito cursos pelo Sebrae e percebi que meu bairro não tinha na época aquele segmento”, continua.

diadanoiva
Contratada para o Dia da Noiva, que hoje é um de seus principais serviços, Ana Gleice percebeu que poderia também expandir sua atuação. “Indo aos hotéis atender noivas, percebi um mercado para eventos com Cerimonial e passei a me dedicar a neste projeto, realizando estudos e me aperfeiçoando. Atualmente ofereço serviços para debutantes, bodas, festas temáticas e casamentos. Neste trabalho, a cliente pode contar com uma assessoria completa, quando planejamos, organizamos todo evento, ou uma assessoria personalizada, na qual verificamos o que falta para o evento e oferecemos suporte no que for necessário. Disponibilizamos ainda um cerimonial do dia, garantindo que a realização de tudo que foi detalhadamente planejado aconteça dentro do previsto”.
Uma das principais preocupações de Ana no dia do evento é prever qualquer contratempo e ter uma solução adequada para cada situação. Mesmo que a noiva não tenha contratado a maquiagem com sua equipe, por exemplo, a cerimonialista sempre conta com uma maquiadora pronta para reparar borrões provocados por suor ou choro.
“Um exemplo desse suporte que oferecemos foi um casamento que realizamos na Igreja da Penha, no Rio de Janeiro, que exigiu uma grande logística, a fim de evitar que eles os convidados subissem a pé a escadaria 365 degraus. O próprio local tem um bonde, mas cada bonde tem espaço para apenas 20 pessoas e eram 200 convidados. Assim, antecipamos a recepção para conseguir transportar todo mundo”, comemora.
Além da estética e dos serviços de cerimonialista, Ana ainda se divide entre cuidar da casa, dos três filhos e do próprio casamento, que deve acontecer ainda este ano. Diante de tantas responsabilidades e da concorrência, muitas vezes desleal, pensar em desistir não é uma opção para a carioca de 34 anos. “Nós, empreendedores, pensamos em desistir o tempo todo. Mas ao mesmo tempo, penso em tudo que já conquistei e é aí que não desisto”, conclui Ana.

Profile photo of Camila Silva

About Camila Silva

Jornalista especialista em contar histórias de superação. Feminista, sonha em criar um mundo mais igualitário e justo para as mulheres por meio da informação. Além do Voa, Maria, está à frente da Maria Comunica, agência de comunicação pautada por resultados e relacionamento.