Meu nascimento como empreendedora

A maternidade na vida de qualquer mulher trás inúmeras transformações físicas e emocionais. Comigo não foi diferente. Tenho 27 anos, sou casada, formada em pedagogia e sempre trabalhei fora, desde meus 16 anos. Mas com a chegada da minha pequena Nanda, o desejo de estar ao lado dela em cada momento foi maior do que continuar trabalhando fora. Foi uma decisão que trouxe algumas lágrimas e algumas, digamos muitas, preocupações.

Desde que me tornei mãe o desejo de ter meu negócio próprio foi crescendo cada dia mais. Foi aí que me enchi de coragem e decidi me reinventar. Com o apoio do meu amado marido, comecei a buscar ideias de como poderia ficar em casa e ganhar dinheiro. Busquei muitas informações na internet. No início fiquei perdida, sem saber por onde começar e o que realmente fazer.

Mas coloquei em pauta o que gostava, listei as ideias mais relevantes e busquei conhecimento, que com certeza é extremamente necessário. Graças à tecnologia, hoje temos um leque muito grande na internet , no qual podemos nos capacitar mesmo sem ter muito dinheiro para investir.

Comecei trabalhando com vendas diretas, que foi algo que não precisei de muito investimento e pude começar a gerar um lucro inicial. Agora estou iniciando algo que realmente gosto e tenho prazer: o marketing digital. Também estou me capacitando para ser coaching de mulheres.

Nesta longa trajetória, o caminho é desafiador, os dias nunca são iguais, nossos planejamentos nunca saem perfeitamente como imaginamos e ter um negócio com um bebê exige esforço, muita muita dedicação e persistência.

fernanda 2

Porém, o que determina nosso sucesso é nossa atitude. O mundo materno empreendedor é maravilhoso e totalmente possível, basta não pensarmos em desistir logo de início com os erros e frustrações.

Algo que aprendi nessa trajetória é que, como mãe e empreendedora, é necessário ter um bom planejamento, ter uma rotina diária para tornar os dias mais produtivos.

Uso a tecnologia a meu favor nas vendas, pois muitas vezes não consigo sair por causa da bebê, mas isso não significa que não posso trabalhar: temos as mídias sociais, telefone e vários outros recursos, nos quais vendo muito e me relaciono com as mulheres.

Sou grata e feliz por minha escolha, amo estar ao lado de minha filha e família e ao mesmo tempo sentir me realizada profissionalmente. Uma frase que me inspira é: “nenhum sucesso na vida compensa o fracasso no lar, de Gordom B. Hinckle.

Profile photo of Camila Silva

About Camila Silva

Jornalista especialista em contar histórias de superação. Feminista, sonha em criar um mundo mais igualitário e justo para as mulheres por meio da informação. Além do Voa, Maria, está à frente da Maria Comunica, agência de comunicação pautada por resultados e relacionamento.