De executiva a empresária: a transição de Shirley Morelli

Para Shirley Morelli, a vida tem de ser vivida todos os dias. Como lema, ela defende que devemos fazer tudo o que quisermos e jogar estes desejos no nosso planejamento. Foi assim que a mineira de Cataguases conquistou o próprio negócio: a clínica de estética Deluxe.

De origem simples, Shirley conta que “não escolheu o que queria, mas o que dava para fazer”. “Mas lembro de uma professora de História da oitava série, que dizia para a turma estudar para passar em Harvard, porque se não desse certo, o mínimo que íamos conseguir era a USP”, diverte-se. E foi se esforçando que ela conseguiu  cursar e concluir Economia na Universidade Federal de Viçosa.

Nova cidade

Denominando-se “do mundo”, Shirley sabia que continuar no interior mineiro não era para ela. Assim, começou a procurar oportunidades em grandes capitais, como São Paulo e Rio. E, para fazer entrevistas de emprego, viajava de ônibus durante a madrugada, se arrumava em um banheiro de shopping e seguia para os processos seletivos.  “Na minha cabeça eu ia passar”, conta ela, que foi aprovada como trainee na Delloite.

Depois de 12 anos no mercado financeiro, onde adquiriu experiência como auditora, vendas e marketing, ela decidiu investir no empreendedorismo. “Chegou um momento em que ou eu recebia uma promoção ou resolvia a minha vida”, lembra Shirley.

Como não recebeu a esperada promoção, a ex-executiva se demitiu e passou a estudar modelos de negócio, principalmente franquias. “Mas todas as informações que eu pegava das franquias eu sempre achava erro no fluxo de caixa. Então percebi que as franquias de estética, que apostavam no oferecimento de um serviço único, como depilação ou sobrancelhas, não daria certo. Afinal, por que a mulher moderna vai a um lugar só para se depilar e depois a outro só para fazer a sobrancelha? Estava certa, porque hoje estas franquias estão dinamizando o portfólio.”

Na raça e na coragem, como ela mesma diz, Shirley construiu a própria marca do zero. “Quando aluguei o espaço, o teto estava cheio de cupim e tinha entulho até o joelho. Tudo foi desenvolvido com os meus braços mesmo”, orgulha-se a dona da Deluxe, que oferece serviços de depilação, sobrancelha e estética.

Liga Empreendedora

Shirley admite que sua principal dificuldade em gerir o próprio negócio é administrar as próprias ideias, que, aliás, são muitas. “Não sou uma esteticista que abriu um negócio, mas uma empresária que pode abrir qualquer negócio”, conta ela, que agora também presta consultoria empresarial para o Urbano Bar & Burguer.

Além de dedicar tempo para a família e praticar crossfit, Shirley encontra tempo para se dedicar à Liga Empreendedora, grupo que criou para “reunir empreendedores”. “Gestores não podem desabafar com funcionários. Nesses encontros de empreendedorismo somos cúmplices. Mas eles são pensados para que tenha momentos de leveza, como o bingo, porque muita informação de negócio pode gerar um efeito inverso, causar depressão, já que o empreendedor pode sentir uma angústia maior ainda por perceber que tem muita coisa que precisa melhorar na empresa”, finaliza.

Profile photo of Camila Silva

About Camila Silva

Jornalista especialista em contar histórias de superação. Feminista, sonha em criar um mundo mais igualitário e justo para as mulheres por meio da informação. Além do Voa, Maria, está à frente da Maria Comunica, agência de comunicação pautada por resultados e relacionamento.