Voa, Maria – Empreendedorismo Feminino

Já pensou em exportar? A Mariana Boeira te ajuda

Home  >>  Estrelas  >>  Já pensou em exportar? A Mariana Boeira te ajuda

Já pensou em exportar? A Mariana Boeira te ajuda

On Setembro 13, 2016, Posted by , In Estrelas, With No Comments

Mariana Boeira sonha em voltar a morar nos Estados Unidos – onde morou em 2002 e para onde viaja anualmente – para que os filhos tenham a mesma experiência que ela teve anos atrás. Foi na terra do Tio Sam que a agrônoma fez um curso de extensão em Project Management, que lhe deu subsídio para abrir empresa de consultoria em internacionalização de negócios.

Além da Bthere, Mariana também está à frente da MB Assessoria Empresarial, em que faz consultoria em marketing para empresas B2B. Em ambas as empresas, ela emprega o conhecimento adquirido em anos de dedicação ao mundo corporativo. “Trabalhei como executiva em veículos de comunicação, indústria e certificadora. Tenho experiência de 20 anos em serviços”

Dona dos próprios negócios há 8 anos, Mariana conta que a migração do mundo corporativo para o empreendedorismo fez com que ela tivesse uma nova postura real em relação às finanças. “Quando se tem um negócio, o ganho é calculado anualmente e não mensalmente. E os gastos de uma pessoa física são mensais. É comum levar um tempo para conseguir entender esta lógica.”

Desafio

A empreendedora aponta que as poucas empresas brasileiras quem investem no comércio internacional e tal conservadorismo é um desafio para expandir a BTHERE. “Quando o mercado interno está bem as empresas “esquecem” do mercado externo, ao invés de terem uma visão de longo prazo em relação ao exterior”, observa a empreendedora. “Existe  ainda a falta de competitividade dos nossos produtos em relação a outros no mercado externo. O custo de produção no Brasil é muito alto em função de problemas de logística e impostos. Este é o famoso “custo Brasil”. E aí não conseguimos ter um preço competitivo lá fora”, acrescenta.

Apesar de tais desafios apontados pela empreendedora, quem quiser se inspirar em Mariana e investir em um negócio no Brasil ou no exterior deve caprichar no planejamento. “As pessoas dizem que fazem no Brasil, mas não fazem. E deveriam conversar mais sobre finanças com outros empresários antes de abrirem seus negócios. Tem que começar a gostar muito de matemática para se ter uma empresa. Eu não tenho um perfil que fica dizendo  ‘segue teu sonho’, pois conheço bem a realidade do empreendedor no Brasil. Já fiz trabalhos de consultoria em mais de 200 empresas”, conclui.

 

 

Deixe uma resposta

Ir para a barra de ferramentas