Raquel Tetti: “O coaching pode transformar o mercado de trabalho”

Empreender é um estado de espírito, uma postura, uma decisão para a vida, e não somente abrir uma empresa. Isso é ser empresário. Empreender é assumir novos desafios, a fim de gerar valor para sociedade. Tal descrição é o propósito de Raquel Tetti, de 27 anos, que trocou o emprego estável em multinacionais de tecnologia pelo coaching, a fim de ajudar pessoas a se descobrirem como profissionais.

Formada em Gestão da Tecnologia da Informação, a paulista já trabalhou na Lógica América do Sul, Ernst&Young (EY) e Banco BNP Paribas. Mas em 2014 iniciou a transição de carreira ao investir em formação na na Sociedade Brasileira de Coaching. “Escolhi, por meio da profissão, ajudar as pessoas a se conhecerem e serem mais felizes no dia a dia, pois acredito que trabalhar é o que mais fazemos da vida e não deve ser um simples trabalho, deve ser uma expressão do que se é e do legado que se quer deixar”, define.

Para tornar este objetivo em realidade, ela usou o valor que recebeu da rescisão de seu último emprego para investir na própria empresa, que leva o seu nome. “Meus serviços têm como objetivo empoderar os profissionais com o autoconhecimento e que eles usem isso como munição para suas escolhas, para se destacarem. Partindo do princípio que não quero falar sobre alta performance, gestão de tempo e ‘como você pode ser um profissional de sucesso’, quando você nem sabe o que é sucesso para você, já acredito que esse seja meu diferencial.”

Novos horizontes

A jovem empreendedora contou com o apoio da família para desenvolver o próprio negócio, cujas vantagens ela aponta a flexibilidade de oferecer o trabalho à própria maneira. Também é um processo de autoconhecimento. “Tive momentos ótimos e de muito pânico. Ou seja, foi um aprendizado maravilhoso e tem sido. Muita coisa mudou, eu me amadureci, me conheci melhor, entendi minha missão colocando ela em prática, ganhei a admiração de pessoas que considero muito e passei a me admirar mais também.”

Mas a Raquel Tetti Coaching também apresentou desafios à empreendedora. “Meu maior desafio é o marketing. Tenho muito problema com o marketing e vendas, uma séria dificuldade para me vender. Também me faz falta ter uma equipe. Sempre trabalhei em grupo, gosto de trocar experiências e ideias”, pontua.

Além de estudar psicologia na Alemanha, Raquel quer ajudar a construir um mercado de trabalho mais justo e que valorize a particularidade de cada um. E para quem, como ela, almeja ter o próprio negócio, ela dá o caminho das pedras. “Que estejam preparadas para a falha, mas não no sentido de se entregar, entrar em pânico ou ter vergonha do erro, mas sim no sentido de aprender, tirar uma boa lição, assumir a responsabilidade (isso é muuuuuuuuito importante) e acreditar que é possível fazer manobras. Mais importante que isso só o autoconhecimento, que pra mim é a chave para tudo”, finaliza.

Profile photo of Camila Silva

About Camila Silva

Jornalista especialista em contar histórias de superação. Feminista, sonha em criar um mundo mais igualitário e justo para as mulheres por meio da informação. Além do Voa, Maria, está à frente da Maria Comunica, agência de comunicação pautada por resultados e relacionamento.