Voa, Maria – Empreendedorismo Feminino

Em busca de lingeries confortáveis, Elaine Souza criou o próprio negócio

Home  >>  Estrelas  >>  Em busca de lingeries confortáveis, Elaine Souza criou o próprio negócio

Em busca de lingeries confortáveis, Elaine Souza criou o próprio negócio

On Novembro 1, 2016, Posted by , In Estrelas, With No Comments

Por Camila Silva e Rosário Medeiros

A busca por lingeries que a fizessem se sentir confortável e bonita fez com que Elaine Aparecida Souza trocasse a coordenação de segurança patrimonial de um shopping pela moda. Foi assim que nasceu a Fique Linda Lingerie, uma grife desenvolvida para mulheres com medidas diferenciadas. “Sempre gostei de moda. Queria uma lingerie para mim, pois sempre tive dificuldade para encontrar modelos para mim, porque o meu busto tem uma numeração e o quadril, outra. Resolvi investir em um curso para aprender a produzir o básico de lingerie. Fiz minhas primeiras peças em 2002 ou 2003. Uma amiga viu, gostou e pediu um conjunto para ela. Esta mesma amiga começou a divulgar para a família dela e assim começou o meu negócio”, lembra.

Depois do sucesso com pessoas próximas, Elaine resolveu estudar. Investiu em um curso e técnico em modelagem no Senai e, ao conclui-lo, recebeu incentivo dos professores para dar continuidade ao seu projeto de produzir lingeries para gordinhas. A empreendedora então cursou Moda na UNIP.

Em 2008, criou a marca Fique Linda Lingerie para mulheres com medidas diferenciadas. Todas as coleções são desenvolvidas com modelagens arrojadas. As peças possuem acabamento impecável, são forradas e reforçadas, mas sem perder o conforto, praticidade, charme e beleza. “Gosto de fazer coisas diferentes. Produzo peças em amarelo, por exemplo. Faço tudo com o maior carinho, pois vejo que trabalho com o que amo e isso é um privilégio”, observa.

Superação

Uma das dificuldades da empreendedora é atualizar com a loja virtual, criada há pouco mais de três anos. Antes de lançar novas peças no site, ela tem de organizar sessões de fotos. Elaine também tem investido em formação para saber quais são as melhores estratégias digitais e administrativas para fazer com que seu negócio, ainda pequeno como ela descreve, cresça cada dia mais. “Hoje tenho um modelista e uma oficina que presta serviços para mim. E assim, de pouquinho em pouquinho, estamos indo”, comemora.

Elaine também conta que a loja virtual ainda não traz tanto retorno financeiro. Por isso, ela atende clientes delivery, fornece produtos para revenda em duas lojas, vai à salões de beleza expor produtos e também investe em bazares. “Vou em busca de renda. Não fico só esperando as clientes.”

O principal objetivo da empreendedora paulistana é consolidar a Fique Linda no mercado. Para isso, ela deve lançar em breve peças com numeração 60, para atender mulheres que ‘não encontram lingeries de jeito nenhum’. “Meu sonho é ter minha marca reconhecida no universo feminino, de ponta a ponta. Onde tiver uma mulher com medida diferenciada é onde eu quero estar”, conclui.

Deixe uma resposta

Ir para a barra de ferramentas