Colunistas

Use a inteligência emocional a seu favor

Muitos de nós vivemos o sonho de empreender, e dito isto, tal palavra remete a algo maravilhosamente encantador. Quando nos dirigimos ao empreendedorismo, esse sonho na verdade se torna um desafio, uma constante superação de si mesmo e de tantas novidades que o mercado apresenta.

Talvez você até se pergunte: “Por que ninguém me avisou que seria assim?”. Na nossa cabeça parece ser tão fácil, as ideias, o desejo de chegar lá… E é exatamente sobre isso que quero falar: como vencer os desafios diante de um cenário desafiador, instável e cansativo?  O que me impede de ir mais adiante? Quais as minhas limitações?

Se você já se fez algum desses questionamentos, eu quero te dizer que você está no lugar certo. Quando começamos a nos perguntar sobre determinadas situações e procuramos respostas para solucionar os nossos problemas, isso já nos leva para outro patamar da vida, para aquele em que não nos conformamos com qualquer coisa.

Reflexão

Quero agora que observe a sua vida e pense como tem agido, o que tem feito para solucionar os seus problemas e dificuldades, de que forma tem reagido mediante as situações que exigem um pouco mais de você. Como se sente?

A inteligência emocional tem sido considerada um dos fatores mais importantes e valorizados em funcionários. Ela abrange a inteligência intrapessoal e interpessoal, duas habilidades são focadas no autoconhecimento e na empatia. Dessa forma, podemos lidar melhor não só com os outros, mas consigo mesmo, conhecendo nossas limitações e nossas próprias habilidades de lidar com problemas, situações não programadas, utilizando a criatividade, otimizando resultados, aprendendo a recomeçar, entre outros. Esse fator nos ajuda e nos leva a outro nível.

Mais que uma exigência

De acordo com a neurofisiologia cerebral, o lado esquerdo do cérebro é responsável pela lógica, memória, sistematização e reflexão, onde reside a nossa capacidade de elaborar ideias e planejar, lugar que habita o QI (quociente de inteligência). Quanto ao lado direito temos as emoções, sentimentos, pensamentos involuntários, inconsciência, intuição e crenças. Ele é responsável pela capacidade de realização e o QE (quociente emocional).

Um ser humano vitorioso e de sucesso consegue integrar as duas partes do cérebro. Dessa forma, ele tem grandes ideias e consegue agir para colocá-las em prática.  E se você pudesse ter tudo isso? Talvez seja difícil, mas não é impossível. Usar a razão e a emoção juntas é algo que pode ser aprendido e que irá trazer um resultado fantástico para sua vida.

Nosso cérebro não distingue o real do imaginário, então, quando pensamos, preenchemos o nosso cérebro de vibrações, e cabe a nós que tipo de pensamentos iremos enviar para nossa mente, bons ou ruins, soluções ou problemas, dificuldades ou uma forma de se superar. Isso irá influenciar de forma geral nossas vidas e nossos resultados. Podemos através dessas pequenas atitudes, mudar o rumo da nossa vida, escolher ganhar ou perder, sorrir ou chorar, desistir ou vencer.

Inteligência no seu negócio

No empreendedorismo encontraremos grandes desafios, momentos de superação, em que muitos não irão acreditar em nós e que precisaremos talvez recomeçar do zero. Mas quando sabemos que caminho queremos percorrer, devemos utilizar a inteligência emocional a nosso favor, pois entrelaçar a razão e a emoção são fatores importantíssimos para quem deseja realizar os sonhos e ser bem sucedido.

Somos os únicos responsáveis pela vida que levamos. Se você tem se sentido frustrada, escolha hoje não viver à mercê dos outros ou das circunstâncias, construa suas oportunidades e seja dona do seu sucesso.

Sucesso a todas!

 

LEAVE A RESPONSE