Colunistas

Como os gatilhos mentais podem aumentar suas vendas

Você sabe o que são gatilhos mentais? E como eles podem aumentar suas vendas? Leia o artigo até o fim que vou te contar como usá-los para aumentar suas vendas. Bora?

Não é novidade que a base de qualquer negócio são as vendas, sejam de produtos ou serviços. O mercado possui cada vez mais estratégias para auxiliar os clientes no processo de decisão de compra, sendo uma delas os gatilhos mentais.

Antes de qualquer estratégia a ser aplicada no negócio, o principal elemento a ser estudado é o seu cliente. Saber o que eles desejam, quais são suas dores e como seu produto pode solucionar seus problemas.

Após esta definição, pode-se aplicar estratégias para motivar pessoas para tomada de decisão.

Quem nunca realizou uma compra porque o produto naquele dia estava com uma promoção incrível? Ou uma novidade difícil de ser ignorada? Todos nós! Vamos estudar então como funcionam estes estímulos.

O que são gatilhos mentais?

Ao realizar uma pesquisa sobre o conceito desta estratégia, encontramos várias definições. Acredito que a definição abaixo irá resumir e conceituar todas elas.

“Gatilhos mentais é uma técnica de persuasão relacionadas com as emoções presentes nos seres humanos que facilitam na tomada de decisão.”

Como eles podem aumentar as vendas?

Podemos dizer que todos nós realizamos a decisão de compra com a parte emocional e como justificativa utilizamos a razão. É por isto, que os gatilhos mentais são tão importantes, pois trabalham as emoções dos clientes, a fim de eliminar as objeções provocadas pela razão.

Sendo assim, você consegue fazer com que o cliente deseje seu produto sem ao menos tê-lo, utilizando a motivação para promover seu produto.

Segundo um estudo realizado pela Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS), o ato de escolher pode ser dividido em três partes:

  1. Seu cérebro decide o que você vai fazer;
  2. Essa decisão aparece na sua consciência, o que transmite a sensação de que você está tomando a decisão de forma racional;
  3. Você age de acordo com a decisão tomada.

Desta forma, eles atingem o subconsciente humano que influencia o processo de compra e tomada de decisão.

4 tipos de gatilhos mentais

Entre as dezenas de gatilhos mentais existentes, abaixo listo quatro para que você já consiga colocar em prática no seu negócio e obter resultados.

1 – Gatilho da Escassez

Sempre associamos algo exclusivo ou escasso, como algo de valor, o nosso desejo aumenta ainda mais para adquiri-lo. É aí que este gatilho entra, pois promove um senso de urgência a tomar uma decisão que poderia ser adiada.

Como exemplos podemos citar:

“Somente amanhã você poderá adquirir tal produto por somente R$ X.”

“Temos um brinde especial para as 50 primeiras pessoas que adquirirem o produto.”

“ Se inscreva, pois as vagas são limitadas. ”

2 – Gatilho da Reciprocidade

Podemos dizer que este gatilho é utilizado quando você promove produtos ou serviços de forma gratuita e, ao realizar a venda, o cliente se sente na obrigação de retribuir a gentileza.

Podemos citar como exemplo, a compra realizada por indicação de uma pessoa que oferece conteúdos de qualidade para sua audiência, pelo fator de retribuir tudo o que a pessoa já disponibilizou gratuitamente.

Exemplos: “Baixe o e-book grátis.”

“Acesse este vídeo com conteúdo gratuito.”

3 – Gatilho do Porque

Quando temos objeções quanto à um produto, tendemos a adiar a decisão. Desta forma este gatilho permite responder aos clientes os motivos de adquirir o produto diante dos principais empecilhos do mesmo.

Exemplo: “Pesquisas revelam porque é tão importante ter conhecimento sobre tal assunto.”

4 – Gatilho da Autoridade

Trabalha com a ideia de tornar autoridade em determinado assunto e com isto eliminar objeções que você ou seu produto não são capazes de ajudar seus clientes em suas necessidades.

Quanto maior sua autoridade, mais as pessoas irão confiar no que está sendo dito por você.

Exemplos: “Cursos reconhecidos pelo MEC.”

“Este método é utilizado pelo Facebook.”

Dica da Nara

#Importante: Lembre-se que estes métodos devem ser utilizados com ética para auxiliar as pessoas no processo de compra. Além disso, não deve ser usado como forma de manipulação. Não tente enganar as pessoas entregando algo menor do que foi prometido.

LEAVE A RESPONSE