Como ser produtiva durante as férias escolares? A Super Nanny te ensina

E-mails para responder, clientes para atender, cumprir demandas, tarefas de casa e os filhos com todo o tempo livre, graças às férias escolares. Conciliar a rotina de mãe, empreendedora e dona de casa parece missão impossível em janeiro, não é mesmo? Mas apesar de ser trabalhoso, pois demanda planejamento e organização, manter as crianças entretidas e a sua produtividade no home office em alta é completamente viável. Quem garante é a Cris Poli, especialista em educação e comportamento infantil e apresentadora do programa Super Nanny, do SBT.

Cris se dedica há mais de 40 anos à educação infantil e defende que, antes de mais nada, os pais devem ver o período de férias como um momento para se dedicar mais às crianças, já que os pequenos são muito carentes de atenção e presença. Mas como as responsabilidades chamam, é possível criar atividades e acordos para mantê-los ocupados enquanto as demandas do dia a dia são atendidas. Confira as dicas da especialista e transforme o período de férias em uma época de união e desenvolvimento dos seus filhos:

Cris Poli - Mundo Cristão / Fotos Gabriel Chiarastelli

Organização

Mães que trabalham dentro ou fora de casa precisam ter maior organização nos meses de recesso escolar, a fim de ter tempo disponível para as crianças. De acordo com Cris, organizar-se não é tão simples quanto parece, mas é perfeitamente factível. “Minha filha tem duas crianças e consegue organizar toda a vida dela. Nas férias, ela procura trabalhar no período da manhã para ficar o da tarde com os pequenos. Ela também faz acordos, para que eles se mantenham brincando enquanto ela trabalha”, exemplifica.

Planejamento de atividades

Para manter a produtividade, Cris aconselha as mães empreendedoras a desenvolver diferentes atividades lúdicas para serem cumpridas ao longo do dia. “Sugiro brincadeiras produtivas e criativas para as crianças. Você pode estimulá-los com um caderno de colorir e depois fazer uma exposição com os desenhos. Ou deixá-los brincando de Lego, que é um brinquedo que desenvolve a criança. Mas separe diferentes atividades para diferentes períodos, pois a criança não ficará concentrada apenas em uma”, continua Cris.

Acordos

Férias também podem ser uma época de colaboração. “A partir dos 6, 7 anos, a criança entende acordos. Assim, a mãe pode ensinar responsabilidade, colaboração, bom comportamento e autocontrole. Diga: ‘A mamãe tem que trabalhar, então vamos entrar em um acordo’. É possível até combinar a realização de tarefas domésticas, pois se a criança ajudar, você terá mais tempo livre para ficar com elas”, pontua a educadora. “Só não é possível fazer este tipo de acordo com crianças pequenas, pois elas ainda não têm tal entendimento.”

Influências

Cris ressalta que todos os seres humanos são influenciáveis. E esta máxima também atinge as crianças, tanto que ela lançou recentemente o livro Atenção, Tem Gente Influenciando Seus Fillhos, com o objetivo de chamar atenção dos pais sobre o que e quem tem impacto no comportamento das crianças. Por isso, ela desaconselha, por exemplo, a TV como atividade para entreter os pequenos por longos períodos. “Minha filha teve de vetar as novelinhas infantis, porque minha neta começou a imitar os personagens e responder mal às pessoas. Muitos pais não estão cientes desta influência e deixam as crianças na frente da TV”, adverte.

Outro ponto de atenção são os aparelhos eletrônicos e jogos, recursos para os quais Cris recomenda que as crianças acessem, no máximo, durante 30 minutos por dia. “É preciso ainda observar a classificação etária destes jogos, pois é comum ver crianças brincando com jogos desenvolvidos para adultos com mais de 18 anos. Por isso, é preciso chamar atenção para que os pais acompanhem as influências que atingem as crianças e cortar as que ele não quer para os filhos. O livro mostra estas e outras situações”, continua a Super Nanny.

Dedicação aos filhos

Depois de organizar a rotina de trabalho e a agenda dos filhos, nada melhor que se dedicar a eles. Cris conta que existem diversas atividades gratuitas na cidade de São Paulo e em outras metrópoles em que é possível garantir diversão a preços acessíveis. “Nem sempre são programas que vão demandar muito investimento, mas vale ter em mente que as férias são momentos em que a mãe tem como resgatar a ausência dela durante o ano letivo e quando todos estão em uma rotina mais intensa. Por isso, aproveite o mês para fazer algum programa, dentro ou fora de casa”, finaliza.

Conheça o trabalho de Cris Poli e suas obras em http://www.crispoli.com.br/.

Profile photo of Camila Silva

About Camila Silva

Jornalista especialista em contar histórias de superação. Feminista, sonha em criar um mundo mais igualitário e justo para as mulheres por meio da informação. Além do Voa, Maria, está à frente da Maria Comunica, agência de comunicação pautada por resultados e relacionamento.