#10MilMarias Estrelas

#10MilMarias: A reinvenção de Camile Just

Quando falou ao Voa, Maria pela primeira vez, em maio de 2016, Camile Just estava apenas iniciando sua rede de assistentes virtuais– negócio que ela abraçou com carinho para criar melhores perspectivas de vida, entre elas ser dona do próprio tempo, focar no desenvolvimento pessoal e também dedicar mais tempo à filha [Leia a integra da matéria aqui].

Desde então, ela trilhou caminhos que nem ela mesma imaginava: além de consolidar sua rede de assistentes virtuais organicamente, modelou seu próprio modelo de negócios, se reposicionou, mudou várias vezes e está cada dia mais próxima de realizar mais um sonho: morar perto da natureza.

Conheça mais um pouco sobre esta empreendedora de 35 anos e muita atitude!

Voa, Maria: Como está a Just Assistente Virtual Hoje?

Camile Just: Uau, desde maio de 2016 quando falei sobre meu trabalho para o Voa as coisas mudaram bastante! Mergulhei de cabeça na ideia de criar uma rede de assistentes virtuais, inclusive coloquei no ar – junto com alguns parceiros – uma plataforma para ser o ambiente dessa rede. Era um projeto experimental baseado no blockchain e em criptomoedas. A dificuldade em comunicar esse formato e o pouco que se falava dessas tecnologias aqui no Brasil, fizeram com que, naquele momento, o projeto não andasse como eu imaginei. Em paralelo a isso, continuava atendendo meus clientes e dando tutorias online para empreendedoras. Muitas pessoas começaram a me procurar querendo trabalhar como assistentes virtuais. Decidi então criar um curso online para atender a essa demanda. Criei um método de modelagem do negócio de assistente virtual baseado no autoconhecimento e em aproveitar as habilidades e experiências de cada um para criação de serviços remotos.

Voa, Maria: Desde a nossa entrevista, quais avanços conquistou na Just?

Camile Just: O maior avanço com certeza foi no meu posicionamento. Mudei várias vezes. Primeiro, o tipo de serviços que prestava como assistente virtual: de serviços mais gerais, administrativos, financeiros e relacionamento com clientes, me foquei no fazia de melhor e criei um serviço de Pesquisa de Experiência do Cliente. Atendi a vários clientes enquanto desenvolvia meu curso online. Graças ao curso, vem se formato uma comunidade de pessoas que buscam mais autonomia em sua vida e estão apostando na profissão de assistente virtual pra isso. A tão sonhada rede de assistentes vem se formando de forma orgânica!

Voa, Maria: E quais desafios ainda continuam a fazer parte do seu dia a dia? Como os supera?

Camile Just: Meus principais desafios do dia a dia são lidar com os bloqueios criativos, com o perfeccionismo e com a insegurança. A melhor forma que encontrei para lidar isso é conversar com pessoas que eu admiro, que me conhecem e me admiram. Ter uma rede de apoio é fundamental nesses momentos. Ser gentil comigo mesma e perceber minha evolução também tem sido importante.

Voa, Maria: Quantos clientes você tem atualmente?

Camile Just: Hoje me dedico a conectar  clientes com as assistentes que podem atender suas demandas, através da Just Virtual e com o apoio delas, refazendo o projeto da plataforma para colocar no ar ainda nesse primeiro semestre. E grande parte do meu tempo é dedicado ao atendimento e mentorias das minhas alunas e alunos, cursos, palestras presenciais, conexão e relacionamento com parceiros para a expansão e consolidação do mercado de assistência virtual no Brasil.

Voa, Maria: Em 2018, o que podemos esperar da Camile Just e da Just Assistente Virtual?

Camile Just: Muito conteúdo sobre reinvenção de carreira e novos modelos de trabalho, muita conexão e muito negócio fechado!

Voa, Maria: Quais dicas você daria para as mulheres que, como você, sonham em ter o próprio negócio?

Camile Just: Muita paciência, porque o empreender tem seu tempo. Os resultados aparecem quando a gente demonstra coerência e constância….pra isso acontecer, tem que conseguir passar com tranquilidade pelos altos e baixos. E se conhecer! As pessoas se conectam com nossos negócios quanto a gente mostra autenticidade. Mais as maiores dicas que posso dar são: seja gentil com você mesma e celebre cada conquista, por menor que te pareça!

Voa, Maria: Qual é o seu sonho?

Camile Just: Já vivo o sonho de trabalhar nos meus projetos com liberdade. Pra ficar completo só falta vier mais perto da natureza!

Saiba mais sobre a Just Assistentes Virtuais:

https://www.justvirtualreal.com.br/

http://curso.comoserassistentevirtual.com.br/

http://justvirtual.com.br/

https://www.facebook.com/justvirtualreal/

 

 

*Quer participar da Campanha #10MilMarias? Envie um e-mail para fala@voamaria.com.br


Siga nossas redes sociais
Facebook: www.fb.com/voamaria
Instagram: www.instagram.com/voamaria
Youtube: https://goo.gl/zbNeBt

 

LEAVE A RESPONSE

Jornalista especialista em contar histórias de superação. Feminista, sonha em criar um mundo mais igualitário e justo para as mulheres por meio da informação e do empoderamento econômico.